Grupo de Estudos (2017)

GRUPO DE ESTUDOS SOBRE A NATUREZA (2017)
Prof Resp. Euler Sandeville Jr.

veja no fim da página os autores já estudados desde maio de 2016

Ênfases: Natureza, Paisagem, Educação, Metodologias de Pesquisa

REUNIÕES DO SEGUNDO SEMESTRE DE 2017

14/12 Reunião de planejamento

06/12 Leitura do texto Visões da Paisagem (Euler Sandeville)

29/11 Apresentação de pesquisa em andamento

22/11 Leitura do texto Paisagem e Método (Euler Sandeville)

08/11 Apresentação de pesquisa em andamento

25/10 Debate do quinto capítulo do “Políticas da Natureza: como fazer ciência na democracia” (Bruno Latour). Debate do primeiro capítulo (“Limpando o terreno”) do “Estar Vivo. Ensaios sobre Movimento, conhecimento e descrição” (Tim Ingold)

11/10 Debate sobre o Programa dos Candidatos a Reitor

04/10 Debate do terceiro e quarto capítulos do “Políticas da Natureza: como fazer ciência na democracia” (Bruno Latour)

20/09 Debate do segundo capítulo do “Políticas da Natureza: como fazer ciência na democracia” (Bruno Latour)

30/08 Debate do primeiro capítulo do “Políticas da Natureza: como fazer ciência na democracia” (Bruno Latour)

16/08 Revisão do livro “Jamais Fomos Modernos”, de Bruno Latour. Leitura da “Introdução (Que fazer da ecologia Política?)” de “Políticas da Natureza: como fazer ciência na democracia” de Latour, a ser debatido em agosto e setembro.

04/08 Defesa do mestrado de Gabriel Andrade Fernandes: Entre ambientes, (contra)culturas e naturezas. O emergente discurso ambiental na arquitetura dos anos 1960 e 1970 a partir de Buckminster Fuller, Ian Mcharg e Murray Boockchin. Orientação Euler Sandeville Jr. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

01/08 RETOMADA DOS TRABALHOS

 

REUNIÕES DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017

27/06/2017 Reunião do Grupo de Estudos da Natureza. Discussão de pesquisas em andamento ou em elaboração: Clara Meurer e Flavia Bueno. As reuniões do grupo de estudos são abertas a interessados (18:45, FAU USP, sala do professor no Departamento de Projeto).

28/05/2017 Reunião do Grupo de Estudos da Natureza. Discussão de pesquisas em andamento ou em elaboração: Fernanda Sakano e Miriam Santos. As reuniões do grupo de estudos são abertas a interessados (18:45, FAU USP, sala do professor no Departamento de Projeto).

05/06/2017 Reunião do Grupo de Estudos da Natureza. Discussão de pesquisas concluída: Gabriel Fernandes. As reuniões do grupo de estudos são abertas a interessados (18:45, FAU USP, sala do professor no Departamento de Projeto).

14/06/2017 Reunião do Grupo de Estudos da Natureza. Discussão dos capítulos V e VI da II Parte do livro História da Ideia de Natureza, de Robert Lenoble, finalizando seu estudo. As reuniões do grupo de estudos são abertas a interessados (18:45, FAU USP, sala do professor no Departamento de Projeto).

31/05/2017 Reunião do Grupo de Estudos da Natureza. Discussão dos capítulos III e IV da II Parte do livro História da Ideia de Natureza, de Robert Lenoble. As reuniões do grupo de estudos são abertas a interessados (18:45, FAU USP, sala do professor no Departamento de Projeto).

17/05/2017 Reunião do Grupo de Estudos da Natureza. Discussão do início da segunda parte  (capítulos I a III) do livro História da Ideia de Natureza, de Robert Lenoble. As reuniões do grupo de estudos são abertas a interessados (18:45, FAU USP, sala do professor no Departamento de Projeto).

03/05/2017 Reunião do Grupo de Estudos da Natureza. Discussão da primeira parte do livro História da Ideia de Natureza, de Robert Lenoble. As reuniões do grupo de estudos são abertas a interessados.

19/04/2017 Reunião do Grupo de Estudos da Natureza. Discussão da primeira parte do livro História da Ideia de Natureza, de Robert Lenoble. As reuniões do grupo de estudos são abertas a interessados.

 

 


autores estudados desde maio de 2017

INGOLD, Tim. Estar vivo. Ensaios sobre o movimento, conhecimento e descrição. Trad. Fábio Creder. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015. [2011]

LATOUR, Bruno. Políticas da Natureza: como fazer ciência na democracia. Tradução Carlos Aurelio Mota de Souza. Bauru: EDUSC, 2004 [1999]

LENOBLE, Robert. História da ideia de natureza. Tradução Teresa Louro Pérez. Lisboa, Edições 70, 1990. Chamada: O homem sempre observou a natureza, só que não era a mesma. Continuamos a estudá-lo no primeiro semestre de 2017.

THOMAS, Keith. O homem e o mundo natural. Mudanças de atitudes em relação às plantas e aos animais (1500-1800) (1983). Trad. João Roberto Martins Fo. São Paulo: Companhia das Letras, 1988. Chamada: Havia um conflito crescente entre as novas sensibilidades e os fundamentos materiais da sociedade humana.


 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.